EN
 
       
   
 
       
         
 

 

 
esoterismo e
tradiÇÃo portuguesa
O Amor em Debate
LuÍs do EspÍrito Santo
 

Os diálogos do Café Colonial aconteceram na realidade, o que não se sabe se também aconteceu com os diálogos em que Platão situa Sócrates e convivas, debatendo o tema do Amor, melhor, da ideia de Amor. Se Platão imaginou os cenários e os dialogantes, ou se transcreveu os diálogos da realidade positiva, eis o que ignoramos, melhor apenas conjecturamos.

 

"O tema deste ensaio é o Amor. Os diálogos do Café Colonial aconteceram na realidade positiva, o que não se sabe se também aconteceu com os diálogos em que Platão situa Sócrates e convivas, debatendo o tema do Amor, melhor, da ideia de Amor. Se Platão imaginou os cenários e os dialogantes, ou se transcreveu os diálogos da realidade positiva, eis o que ignoramos, melhor apenas conjecturamos. Quanto ao que Luís do Espírito Santo expõe, memora e amplia com sua exegese, é facto testemunhável.
A tertúlia da 'Filosofia Portuguesa' dos anos 60/70 existiu como escola livre. Todas as quintas-feiras havia tema e, por vezes, o mesmo tema era objecto de longos colóquios à mesa do café (Sant’Anna Dionísio criticava muito este regime de café), preenchendo meses e meses.
Nunca houve tempo, nem disponibilidade, para a maledicência peculiar nas tertúlias literárias e políticas da Lisboa desse tempo. Muitas, digo muitas, pessoas que, por acaso, ou por curiosidade, adregavam de assistir alguma vez à tertúlia, ficavam surpresas com o carácter das conversas, ou da conversa daqueles senhores que, sendo desconhecidos no
jet set cultural, e marginalizados na vida escolar e na esfera política, construíam, dia-a-dia, um bom elenco de discípulos, como se ensinassem, não em café, mas em academia platónica e em Liceu Aristotélico."
Pinharanda Gomes

 
Título: O Amor em Debate
Autor: Luís do Espírito Santo
ISBN: 972-8605-2-4
Formato: 16X23 Cm | Nº de Páginas: 120 | Capa mole
Preço: 9,00 8,10 €
           
           
 
         
     
         
topo