EN
 
       
  Contactos  
 
     
 
         
 
Artur Agostinho        
         
         

Nasceu em 25/12/1920 e tem
uma longa carreira em diversas áreas
da Comunicação Social. Começou,
em 1938, na Rádio Luso e passou
pe la Voz de Lisboa, Clube Radiofónico
de Portugal, Rádio Peninsular,
Rádio Clube Português, Rádio Renascença e, por último, pela Emissora Nacional onde se fixou na área desportiva, marcando presença em numerosas competições europeias
e mundiais de futebol e hóquei em patins e nos Jogos Olímpicos de
Helsínquia, Roma e Tóquio. Como jornalista, colaborou em “A
Bola” e “Record”, de que foi director e onde mantinha uma coluna
de opinião. Escreveu para “O País”, “Tribuna”, “Norte Desportivo”
e “Mundo Português” do Rio de Janeiro.

 

 

Participou nos filmes “Ca -
pas Negras”, “Leão da Estrela”, “Sonhar é fácil”, “Cantiga da Rua”,
“Encontro com a Vida”, “Dois dias no Paraíso”, “Tarzan do 5º esquerdo”
e na produção luso-brasileira “Fado”. Na RTP, apresentou e produziu programas dos mais variados géneros e, na SIC e TVI, foi intérprete de novelas e séries. Viveu 6 anos no Brasil, onde colaborou
na Rádio Globo, fundou o semanário “Portugal Esportivo” e escreveu dois livros. Posteriormente, publicou “Ficheiros Indiscretos” (memórias) e os romances “Abutres”, “Ninguém morre duas vezes” e “Bela, riquíssima e, além disso, viúva”. Fundou e dirigiu, durante
52 anos, a Agência de Publicidade “Sonarte” e é membro do Grupo
Stromp. Às numerosas distinções e Prémios de Carreira que lhe têm
sido atribuídos, acrescentou em 2010, ao completar 90 anos, o “Glo -
bo de Ouro / Mérito e Excelência”, instituído pela SIC e pela “Caras”
e a Comenda da Ordem Militar de Santiago da Espada, atribuída
pelo Presidente da República, Cavaco Silva.

No dia 2 de Março de 2011, recebeu mais de uma centena de amigos na sua última aparição pública: o lançamento da 1ª edição do Flashback, seu último livro publicado que contou com a apresentação de Marcelo Rebelo de Sousa. Dias depois, a 22 de Março, deixou este mundo sendo considerado unanimemente, uma figura ímpar da história recente, um grande Senhor da comunicação.

 
 
LIVROS PUBLICADOS PELA ÉSQUILO:
 
 

artur

     
     
         
 
       
         
topo mailing