EN
 
       
   
 
       
         
 

 

 
romance histÓrico
A Herança de D. Carlos
antÓnio cÂndido franco
 

O romance essencial para compreender
as raízes profundas do declínio da monarquia portuguesa.

 

"Carlos I é a tragédia de toda uma família, uma tragédia que vem do fim do século XVIII e se prolonga até aos nossos arrabaldes. A história do nosso último rei a sério – já que Manuel II não passou duma criança que fez de conta que reinou durante dois anos – foi afinal um caso que demorou bem mais de cem anos a germinar e a desenvolver. Que desmedido ventre o trouxe ao mundo! Em vez de nove meses, noventa anos de gestação. É caso muito sério. E é por ser tão horrível e tão imensa, que uma tal tragédia nos parece tão estupenda.
Sem conhecermos os avós, nunca perceberemos o neto. Carlos em si é um enigma, uma bola opaca e pesada de carne ou de sebo, avessa ao mais penetrante olhar, mas visto à luz dos hábitos e das histórias dos seus antepassados faz-se claro, fácil, transparente. Este ser que viveu quarenta e quatro anos pode ter sido reservado como um tímido, fechado como um oráculo e desconhecido como um estrangeiro mas o seu passado faz dele um ser tão previsível e tão
esperado como um hábito repetido; na sua figura e na sua história vieram afinal cruzar-se com a máxima força e crueza todas as virtudes e todas as taras que encontramos dispersas e desencontradas nos seus antepassados mais próximos."

António Cândido Franco in "Abertura"

2.ª Edição
Título: A Herança de D. Carlos
Autor: António Cândido Franco
ISBN: 972-978-8092-47-2
Formato: 16X23 Cm | Nº de Páginas: 446 | Capa mole
Preço:19,50€ 17,55 €

   

   

Ver     Ver     Ver
 
         
     
         
topo